Procon-PE dá 10 dias para que os Correios regularizarem serviços

Procon-PE dá 10 dias para que os Correios regularizarem serviços

Em audiência realizada na manhã desta segunda-feira (4), entre o Procon-PE e os Correios, o órgão de defesa do Consumidor estipulou o prazo de dez dias para que a empresa normalize o serviço de entrega de correspondências.

Entre outras medidas corretivas definidas durante a reunião, está o prazo de 24 horas para aumentar o número de carteiros, medida que, segundo representantes da empresa, estava sendo tomada. “Outra medida é a restituição de valores aos consumidores pelos serviços não executados como falta ou atraso na entrega de encomendas, via sedex”, explicou o gerente geral do Procon-PE, Erivaldo Coutinho.

O gerente assegura que fiscalizações serão realizadas para averiguar se as medidas estão sendo cumpridas e, se necessário, será aberto novo procedimento investigatório. “Evidenciado o defeito do serviço, serão aplicadas as devidas penalidades, tais como multa que pode variar entre R$ 532 e R$ 7.683 milhões”. Também participaram da reunião representantes do setor de logística, jurídico e atendimento dos Correios.