Câmara de Municipal aprova LDO

       A polêmica volta a prevalecer na Casa Diogo de Braga. Após a sessão da última quinta (27) ter sido encerrada por falta de quórum, uma sessão extraordinária foi marcada para esta segunda (31), com objetivo de apreciar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), para o ano de 2016, e suas emendas. Com repercussão nas redes sociais e pressão do público, a sessão teve cerca de três horas de duração.

Inicialmente marcada para às 9h, o público foi surpreendido ao chegar à Câmara. Com o plenário com portas fechadas, o público foi informado sobre o adiamento do horário, que passou a ser às 11h. Neste intervalo de tempo, os vereadores Bau Nogueira (PSD), Novo da Banca (PSD) e Toninho Nascimento (PROS), ambos governistas, tinham reunião na secretaria de Governo.

Chegado o horário da sessão, os vereadores analisaram sob pressão de populares no plenário doze emendas à LDO, propostas pelos vereadores Geraldo Filho (SDD), Edmo Neves (PMN) e Saulo Albuquerque (SDD). Com a maioria no plenário, a base permitiu apenas a aprovação de uma emenda: a que visa manter e adquirir novos ônibus para transporte universitário. A votação teve 5 votos a favor, 4 contra e 1 abstenção.

Informações: Nossa Vitória/ Fotos: Thyago Leão