Venda online na China representa quase 40% do comércio eletrônico

Venda online na China representa quase 40% do comércio eletrônico

A China vai terminar 2015 com um número de vendas pela internet superior a US$ 618 bilhões, informou nesta segunda-feira (28) a agência oficial ‘Xinhua’. O valor equivale a quase 40% do comércio eletrônico mundial neste ano

O número foi divulgado pelo ministro do Comércio chinês, Gao Hucheng, e, segundo as previsões da empresa de consultoria e Marketer, coloca o país asiático muito acima dos US$ 349 bilhões no mercado online dos EUA ou dos US$ 99,3 bilhões do Reino Unido, o segundo e terceiro maior mercados no setor.

O ‘Dia do Solteiro’, comemorado em 11 de novembro, contribuiu de forma significativa para que a China atingisse a liderança nas vendas pelas internet. Apenas o site Alibaba, líder nacional no comércio eletrônico, vendeu neste dia US$ 14,3 bilhões em produtos.

Segundo o ministro, entre 2011 e 2015, a China atingiu seu objetivo de se transformar em um ‘gigante comercial’, com vendas totais neste ano (contando não só as online) de US$ 4,64 trilhões. O país asiático, destacou Gao, representa 60% do crescimento do comércio mundial, com exportações que na última meia década cresceram a um ritmo anual de 6,5%.

“A China vai continuar melhorando o ambiente de mercado e aproveitará o potencial do consumo, mas ao mesmo tempo desenvolverá sua complementaridade industrial e de valor com os países da Nova Rota da Seda”, ressaltou o ministro em um encontro nacional sobre comércio realizado no fim de semana.