Carro-bomba mata seis soldados na fronteira síria

Carro-bomba mata seis soldados na fronteira síria

Um carro-bomba explodiu nesta terça-feira (21) próximo a um posto do Exército jordaniano na fronteira com a Síria, matando seis soldados e ferindo 14 no que a Jordânia classificou como “covarde ataque terrorista”.

Foi o maior ataque na fronteira jordaniana nos anos recentes. Até o momento, nenhum grupo terrorista reivindicou responsabilidade. O ataque, segundo uma autoridade jordaniana, teria partido do lado sírio da fronteira.

De acordo com um comunicado divulgado pelo Exército, o carro-bomba explodiu às 5h30 (23h30 desta segunda-feira em Brasília) na região de Rakban, no nordeste do país.

A explosão teve como alvo um posto militar que serve a refugiados sírios, próximo a dois acampamentos que se expandiram rapidamente nos últimos meses a medida em que mais refugiados sírios tentam entrar na Jordânia.

Segundo uma porta-voz da ONU em Genebra, não há notícia de feridos no acampamento, pois o ataque se deu a quilômetros de distância.

O ataque aumenta o temor de que os extremistas consigam entrar na Jordânia a partir da vizinha Síria, onde o reino participa desde 2014 da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos contra o grupo extremista Estado Islâmico.

Informações: Folha Press