Duzentas pessoas são intoxicadas por vazamento de amoníaco em Bangladesh

Duzentas pessoas são intoxicadas por vazamento de amoníaco em Bangladesh

Uma explosão em uma fábrica de fertilizantes químicos afetou 200 pessoas, que precisaram de tratamento médico, na segunda maior cidade de Bangladesh, Chittagong (sul), fontes oficiais nesta última terça-feira.

Segundo a polícia e os bombeiros, também foram evacuados de suas casas centenas de moradores que viviam perto da usina de fosfato diamônico (DAP), localizada na cidade portuária, onde um tanque com capacidade para conter 500 quilos de amoníaco explodiu na noite de segunda-feira.

Mesbah Uddin, chefe da administração do distrito, afirmou que 56 pessoas foram levadas ao hospital universitário de Chittagong após o vazamento e informou que a vida de ninguém corria risco.

“Oito já receberam alta. Quarenta e oito seguem no hospital, mas estão fora de perigo”, disse à AFP.

“Foram fornecidos os primeiros socorros no local a 150 pessoas”, acrescentou.

Os bombeiros combateram durante a noite o vazamento de gás e finalmente declararam que a situação estava controlada na manhã desta terça-feira.

“Utilizamos alto-falantes para convocar as pessoas a evacuar a área. Centenas foram embora, mas voltaram quando a situação melhorou”, disse Uddin.

O chefe da polícia local, Rafiqul Islam, confirmou a ordem de que centenas de trabalhadores de fábricas próximas deixassem a região.

Outros funcionários disseram que o forte vento dispersou a nuvem de gás tóxico em um raio de 10 quilômetros e que foi detectado que algumas pessoas estavam doentes no aeroporto da cidade.

As autoridades mobilizaram uma equipe especial de 60 bombeiros depois que a explosão semeou o pânico entre os moradores da região.